Posts com Tag ‘windows’

ENV-002W – Instalando o JDK no Windows

Publicado: 17/01/2014 por Ari Cesar em Básico, java
Tags:, , ,

Olá pessoal, tudo bem?

Hoje irei escrever sobre a a instalação do JDK no Window$. Caso você não saiba o que é o JDK te convido a ler o post ENV-006 – Conheçendo a JDK.

JDK

Para fazer a instalação do JDK é necessário realizar o download no site da Oracle. Aconselho que sempre seja feito o download da ultima versão do JDK, pois assim terá as novidades da linguagem e correções/melhorias realizadas em cima da JVM. Como não precisamos de uma Magnum para matar uma mosca, iremos baixar o JSE ( nesse caso a nossa Magnum é conhecida como JEE e em outro post falaremos de suas diferenças). Para facilitar, segue o link para download .

Feito as devidas chatices tratativas para baixar o JDK iremos agora fazer a instalação dele.

Instalando o JDK

Bem, agora vamos para o que interessa:

  • Vá até a pasta onde foi realizado o download do JDK e de dois cliques sobre dele. O teu Window$ vai te fazer uma pergunta inteligentíssima querendo saber se você realmente quer executar esse aplicativo. Clique no botão sim (yes) e vamos adiante.
  • Agora que você ajudou o Window$ e fez o favor de confirmar que deseja realmente executar o programa, verá a uma tela igual ou muito semelhante a de abaixo. Clique em next e vamos continuar com a brincadeira.
Tela principal para instalação do JDK.

Tela principal para instalação do JDK.

  1. Feito isso teremos uma tela igual ou muito semelhante a de baixo. Essa tela é interessante pois nos possibilita escolher se queremos instalar o JDK com o código fonte e javadoc (Source code), se queremos instalar a JRE da versão do instalador ( Public JRE) ou se queremos alterar o local da instalação do JDK (change). Nessa tela aconselho a ir direto para o next e não se preocupar com esses detalhes.
Configurações de instalação do java

Configurações de instalação do java

Algo bem importante: Como pode ter observado não comentamos sobre Development tools. Isso foi de propósito pois não temos como remover ele já que ele é JDK.

Algo importante: JRE significa Java Runtime Environment e é utilizado para rodar aplicações java em seu computador como por exemplo aquelas de sites de banco.

Algo um pouco menos importante: Não se preocupe caso você não saiba o que é um javadoc, source code. Você pode ler o nosso post ENV-007 – JavaDocs para que servem e saber mais sobre esses dois itens mencionados.

  1. Clicando em next você verá o JDK ser instalado em seu computador. Se tudo der certo aparecerá uma tela igual ou parecida com a de baixo.
Tela confirmando que a nstalação foi realizada com sucesso.

Tela confirmando que a nstalação foi realizada com sucesso.

Feito isso você tem a JDK em sua maquina e pode iniciar o desenvolvimento de seus aplicativos.

Para fazer a compilação via prompt aconselho dar uma passada no post ENV-001W – Variáveis de ambiente em Windows .

Até a próxima!

Anúncios

Olá novamente a todos.

Agora são exatos 1:52 da madrugada e estou com pouco sono, então para distrair a mente resolvi escrever esse post… quem sabe o java me de sono 🙂 .

Agora falando sério,  para que você consiga entender esse post é importante já ter lido os posts que tratam sobre a instalação do JDK e sobre o conceito das variáveis de ambiente. Não é uma questão de pré-requisitos ( isso não é uma faculdade), mas são tópicos interessantes de serem lidos, principalmente do JAVA_HOME e CLASSPATH.  Então, como diria uma chefe que tive: fica a dica   🙂 .

Como criar o JAVA_HOME, CLASSPATH e PATH?

O Windows como o linux permite que você crie a variável de ambiente nos escopos local (console),  usuário e sistema. Segue um breve resumo desses três escopos:

Local: A variavel existe enquanto estiver com o prompt de comando aberto. Fechou o prompt,perdeu a variável.

Usuário: Apenas aquele usuário poderá utilizar essa variável.

Sistema: Essa variavel aparece em todo o sistema, dessa forma qualquer usuário que utilize o windows de utilizar o compilador e executor java.

Nesse tópico iremos tratar da variavel local e de sistemas, pois sinceramente nunca vi funcionar direito o escopo de usuário.

Escopo local

Esse é mole-mole e mais rápido do que você ir na cozinha pegar aquele café que estava fazendo. Preste bastante atenção porque é super complicado. Abra o console e digite:

set path=%path%;C:\<local do java home>.

Pronto, ai você já pode fazer o javac para chamar o compilador do java e compilar o teu código.

Escopo de sistema

Para se criar o JAVA_HOME, CLASPATH e PATH no escopo de sistema é necessário realizar alguns passos. Se você estiver utilizando o windows XP ou superior e tiver um teclado que tiver a tecla pause,  você pode se utilizar a seguinte combinação de tecla de atalhos: Bandeira do windows (aquela ao lado do alt esquerdo) + pause. Caso seja como eu que não tenho a tecla pause no teclado, acesso o Painel de Controle e clique no ícone Sistemas. Irá aparecer uma janela chamada propriedades do sistema com diversas abas. Acesse a aba Avançados , botão variáveis de ambiente (figura 1 e 2).

fig1

Figura 1 – Propriedades do sistema.

fig2

Figura 2 – Tela com as variáveis de ambiente.

É nessa tela que tu irá criar o JAVA_HOME, CLASSPATH e editar o PATH para criar a variável em escopo de sistema.

MUITA ATENÇÃO NESSA HORA!!!!!

Esse ponto é crucial!!!! Na figura dois, pode ser visto dois tipos de variáveis e respectivos botões. Esqueça por completo os botões NOVA, EDITAR e EXCLUIR da caixa das variáveis de usuário e clique em NOVA na variável do sistema(figura 3).

fig2nova

Figura 3: Utilize as variáveis do sistema e não variáveis do usuário.

Clicando em nova irá aparecer a seguinte tela (figura 4).

fig3

Figura 4: Adicionando nova variável de sistema.

Nessa tela iremos adicionar o JAVA_HOME e o CLASSPATH.

Atenção de novo!

O nome da variável irá receber o nome JAVA_HOME e o valor da variável será o endereço que foi instalado o JDK. Em meu caso ele foi instalado em c:\program files\java\jdk1.6.0_17 (figura 5). Adicione os valores e clique em OK para validar as informações setadas.

fig_JAVA_HOME

Figura 5: Adicionando JAVA_HOME.

Adicionado o JAVA_HOME chegou a vez de criarmos o CLASSPATH. Esse ai será um pouco trabalhoso por se tratar de diversos arquivos .jars. A lógica para criação é parecida com a das figuras 3, 4 e 5, porém mudando apenas o nome e o valor da variável.

fig_CLASSPATH

Figura 6: Adicionando CLASSPATH.

Agora que temos a JAVA_HOME não é preciso colocar todo o caminho do JDK para a pasta lib e jre/lib, isto é, c:\program files\java\jdk1.6.0_17\lib e c:\program files\java\jdk1.6.0_17\jre\lib. O que precisa-se é indicar a variável de sistema JAVA_HOME e a pasta desejada (figura 6). A seguir como que deve ficar as informações do valor de variável.

.;%JAVA_HOME%\lib;%JAVA_HOME%\lib\tools.jar;%JAVA_HOME%\lib\dt.jar;%JAVA_HOME%\lib\htmlconverter.jar;%JAVA_HOME%\jre\lib;%JAVA_HOME%\jre\lib\rt.jar

Escreva exatamente como está acima ( inclusive com o .; no inicio, as %% entre o JAVA_HOME e os ; antes de escrever o novo caminho) ou apenas copie e cole no valor da variável(muito mais fácil né :)).

Imagino que já tenhas observado que nas variáveis de sistema existe uma variável com o nome PATH. Selecione ela e clique em EDITAR ou de um duplo clique em cima (figura 7).

fig2editar

Figura 7: Editando o PATH.

Dentro do PATH devemos adicionar a exata linha de comando: ;%JAVA_HOME%\bin . O PATH editado deverá ficar igual a imagem abaixo.(figura 8). Apenas para lembrar, o igual que eu digo é a linha de comando (;%JAVA_HOME%\bin ) e não o que tem antes dela.

fig_PATH

figura 8: Adicionando o valor da variável no PATH.

Feito isso clique Ok para fechar todas as caixas abertas e as validar e abra um prompt e digite javac. Caso funcione a aplicação é que está tudo configurado corretamente, caso contrário, verifique se adicionou corretamente o endereço do JAVA_HOME ou se não se esqueceu de algum detalhe como ponto e virgula.

Se você quer uma maneira mais gambiarristica prática de configurar, faça os passos da figura 1 e 2 e edite o PATH das variáveis de sistema colocando direto o caminho do JAVA_HOME/bin sem criar as variáveis do JAVA_HOME o que na caso desse post seria c:\program files\java\jdk1.6.0_17\bin .

Bem, vou lá dormir se não irei ficar sem esposa. Dizem que elas gostam de atenção independente de estarem acordados ou dormindo ( fica a dica 😀 )

[]s