Posts com Tag ‘JDK’

ENV-006 – Introdução ao JDK

Publicado: 14/02/2014 por Ari Cesar em Básico, java
Tags:, , , , ,

Olá povo!

Nesse post iremos fazer uma breve introdução ao JDK apresentando seu conceito e dando de barbado alguns links de consulta.

O que é o JDK?

JDK é a abreviação para Java Development Kit ou em outras palavras é o nosso Kit de desenvolvimento de aplicativos java. Esse Kit de desenvolvimento é composto pela Java Virtual Machine (JVM), compilador da linguagem e uma série de códigos (bibliotecas) que nos auxiliam no desenvolvimento de aplicações.

A JDK vive em constante evolução e por isso que de tempos em tempos ( em torno de 2 anos) aparece uma nova versão. A versão atual é 7 e em março deve sair a 8 ( previsto para 18/3/2014).

É sempre aconselhável utilizar as ultimas versões do java, devido a ajustes finos feitos em sua JVM. De acordo com especialistas, códigos escritos em versões mais antigas da JVM são melhor executados em JVMs mais recentes, o que significa ganho de performance em seu sistema sem precisar refatorar o código.

Agora que já fizemos um overview, vamos entrar nos detalhes da JDK.

Compilador

Toda a linguagem tem o seu compilador e java não poderia ser diferente. Esse é o responsável por realizar a transformação do teu código .java em .class o que permite que seu código rode na JVM. Normalmente as IDEs fazem o trabalho de compilar os códigos desenvolvidos, mas caso você seja um amante do Rambo e queira colocar a sua faixa vermelha na cabeça, faca nos dentes e entrar selva a dentro, você pode realizar a compilação manual de sua classe ou pacote. Para isso precisa ir no promt do windows ou terminal do linux e digitar o tão famoso javac .

Java Virtual Machine (JVM)

Esse é o cara da antiga SUN, sem ele o Java não existiria (e isso não é exagero) . Ele é o responsável pela a interoperabilidade do seu código java em diversos sistemas operacionais. Como assim? Simples. Escreva uma vez o código, compile para bytecode e executar em qualquer Sistema Operacional que tenha JVM instalado. Lembrando que isso incluir dispositivos móveis e outros sistemas embarcados como por exemplo o painel de controle de seu carro ou do avião que você vai pegar para viajar.
Maravilho certo? Agora voltando ao nosso JDK. A JVM vai ser o responsável por executar o teu código em sua maquina. Quando se trata da JVM nunca podemos nos esquecer dos seguintes detalhes:

  • A JVM simula um sistema operacional por isso que os byteCode rodam sem problema em qualquer lugar do universo (continua não sendo exagero porque tem robo da NASA em marte rodando Java).
  • A JVM não roda apenas java, ela também roda Grovy, JavaScript e outras linguagens.

Estamos planejando fazer um post específico sobre a JVM, então aguardem que será bem interessante

Bibliotecas (API)

Você ja programou em Java alguma vez? Caso a resposta seja sim, com certeza você já utilizou alguma biblioteca do Java. Como assim? Java tem uma penca de códigos internos, oque chamamos de API do Java. Essas APIs são divididas para Java SE , Java ME e Java EE e tem suas questões específicas. Se algum dia você digitou System.out.println("Olá mundo") para escrever no console Olá Mundo, te informo que já teve contato com a API do Java.

Te digo mais, é impossível programar em java sem utilizar a API deles. Sendo assim te aconselho a dar uma estuda na API do JAVA. É costume de muitos programadores ficar criando códigos que já existem na API, ou até pior, não estudar a API por não entendê-la.

Bom, era isso. Espero que esse post tenha ajudado a entender melhor o java.

Abraços a todos e até a próxima.

Anúncios

ENV-002 – Instalação e configuração da JVM e JDK

Publicado: 21/01/2014 por Guilherme Weizenmann em Básico, java
Tags:, , ,

Olá pessoal. Hoje falarei da instalação do Java. O Java vem em dois sabores:

JRE
Java Runtime Environment (Ambiente de tempo de execução Java – tradução meia boca 😛 )
JDK
Java Development Kit (Kit de desenvolvimento Java – tradução boa 😀 )

Então, se você for desenvolver uma aplicação em Java precisará do JDK. Se for usar ou distribuir uma aplicação para o usuário final, precisará do JRE, que por “coincidência”, faz parte do JDK.

Além desses dois sabores do Java, ele também tem 2 fornecedores. Se você pensava que Java era só da Oracle (antigamente Sun), se enganou. Na época em que a Sun não tinha sido comprada pela Oracle, a própria Sun começou um projeto junto à comunidade Java para a disponibilização de um Java 100% open source. Então, se você pensava também que o Java era 100% open source, se enganou. O Java da oracle possui algumas partes fechadas, mas que estão em processo de abertura de código. Então, existem 2 fornecedores do Java: a Oracle e ………… (suspense) ……………. o projeto OpenJDK.

As principais diferenças entre o Java da Oracle e o OpenJDK são:

  • o OpenJDK é 100% open source
  • o OpenJDK, atualmete, roda somente em linux, mas se você joga Minecraft em linux, deveria usá-lo, pois é otimizado para linux.

Onde eu consigo o Java

O Java da oracle, você baixa do site da Oracle para qualquer sistema operacional.

Se você usa linux, principalmente derivados do Debian, terá ainda a opção de acesso via repositório oficial ao OpenJDK e ao Java da Sun (5 e 6 antes da venda da Sun), e via repositório PPA (https://launchpad.net/~webupd8team/+archive/java) ao Java da Oracle (Java 6,7 e 8).

O processo de instalação específico para cada S.O. será abordado nos POST ENV-002L e ENV-002W

Eu instalei, e aí……

Depois de instalado, 3 variáveis de ambiente são necessárias:

  • PATH – já existe, mas precisa estar adequada
  • JAVA_HOME
  • CLASPATH

JAVA_HOME e CLASSPATH são abordadas no post ENV-003(L/W).

Quanto PATH, deve ser adicionado o caminha para os executáveis da Java para que o sistema saiba onde procurar os comandos java, javac, javaws, …, sem que você precise colocar o caminho completo.

Bem pessoal, por hoje é só, mas em breve traremos os procedimentos de instalação do Java em cada plataforma.

Vida longa e próspera!

ENV-002W – Instalando o JDK no Windows

Publicado: 17/01/2014 por Ari Cesar em Básico, java
Tags:, , ,

Olá pessoal, tudo bem?

Hoje irei escrever sobre a a instalação do JDK no Window$. Caso você não saiba o que é o JDK te convido a ler o post ENV-006 – Conheçendo a JDK.

JDK

Para fazer a instalação do JDK é necessário realizar o download no site da Oracle. Aconselho que sempre seja feito o download da ultima versão do JDK, pois assim terá as novidades da linguagem e correções/melhorias realizadas em cima da JVM. Como não precisamos de uma Magnum para matar uma mosca, iremos baixar o JSE ( nesse caso a nossa Magnum é conhecida como JEE e em outro post falaremos de suas diferenças). Para facilitar, segue o link para download .

Feito as devidas chatices tratativas para baixar o JDK iremos agora fazer a instalação dele.

Instalando o JDK

Bem, agora vamos para o que interessa:

  • Vá até a pasta onde foi realizado o download do JDK e de dois cliques sobre dele. O teu Window$ vai te fazer uma pergunta inteligentíssima querendo saber se você realmente quer executar esse aplicativo. Clique no botão sim (yes) e vamos adiante.
  • Agora que você ajudou o Window$ e fez o favor de confirmar que deseja realmente executar o programa, verá a uma tela igual ou muito semelhante a de abaixo. Clique em next e vamos continuar com a brincadeira.
Tela principal para instalação do JDK.

Tela principal para instalação do JDK.

  1. Feito isso teremos uma tela igual ou muito semelhante a de baixo. Essa tela é interessante pois nos possibilita escolher se queremos instalar o JDK com o código fonte e javadoc (Source code), se queremos instalar a JRE da versão do instalador ( Public JRE) ou se queremos alterar o local da instalação do JDK (change). Nessa tela aconselho a ir direto para o next e não se preocupar com esses detalhes.
Configurações de instalação do java

Configurações de instalação do java

Algo bem importante: Como pode ter observado não comentamos sobre Development tools. Isso foi de propósito pois não temos como remover ele já que ele é JDK.

Algo importante: JRE significa Java Runtime Environment e é utilizado para rodar aplicações java em seu computador como por exemplo aquelas de sites de banco.

Algo um pouco menos importante: Não se preocupe caso você não saiba o que é um javadoc, source code. Você pode ler o nosso post ENV-007 – JavaDocs para que servem e saber mais sobre esses dois itens mencionados.

  1. Clicando em next você verá o JDK ser instalado em seu computador. Se tudo der certo aparecerá uma tela igual ou parecida com a de baixo.
Tela confirmando que a nstalação foi realizada com sucesso.

Tela confirmando que a nstalação foi realizada com sucesso.

Feito isso você tem a JDK em sua maquina e pode iniciar o desenvolvimento de seus aplicativos.

Para fazer a compilação via prompt aconselho dar uma passada no post ENV-001W – Variáveis de ambiente em Windows .

Até a próxima!

ENV-002L – Instalando o JDK no linux

Publicado: 17/01/2014 por Guilherme Weizenmann em Básico, java
Tags:, , , ,

Olá pessoal. Seguindo com os posts, e em homenagem ao meu colega de blog que se converteu ao linux (=D rsrsrss), agora vamos instalar a JVM e o JDK no linux. Como eu já comentei antes, eu uso Debian e seus derivados. Mais exatamente, tenho um Debian 7 no trabalho e Ubuntu 13.10 no meu notebook. Então, conclui-se que mostrarei como instalar a JVM e o JDK no Debian 7/Ubuntu 13.04.

Instalação de qualquer programa/pacote no linux

Todos os linux possuem algum gerenciador de pacotes. De forma simples, um pacote pode ser um programa, um pedaço de um programa (configurações, bibliotecas, arquivos afins), ou um conjunto de programas. O Debian e seus derivados são equipados com o dpkg e seu irmão mais novo e moderno, o apt-get. Para facilitar, iremos usar o apt-get.

Para instalar um pacote chamado xyz:

apt-get install xyz

O comando deve ser executado como administrador. Caso não saiba como, no terminal, digite sudo antes do comando, e digite a sua senha:

sudo apt-get install xyz

Para remover, troque install por purge. Expurgar um programa/pacote remove inclusive os arquivos de configuração do pacote a nível de sistema. Caso deseje mantê-los, use remove.

Instalando o OpenJDK 7

Existe mais de uma versão do Java, e não estou me referindo a numeração, mas sim, implementação. A mais famosa, no Windows, é a implementação da Sun/Oracle, mas no linux, não é a única. O OpenJDK, implementação totalmente open source do Java, disponível apenas para Linux (roda no BSD tb via port), é otimizada para linux. Ela é dividida em pacotes:

openjdk-?-jre-headless
JRE sem suporte a UI
openjdk-?-jre
JRE com suporte a UI
openjdk-?-jdk
JDK
openjdk-?-sources
código fonte do Java
openjdk-?-docs
documentação do Java (javadocs)
openjdk-?-demo
programas de demonstração
icedtea-?-plugin
plugin Java para applets nos navegadores de internet e suporte a Java Web Start

Onde ? é o número da versão do Java: 5, 6, 7…

Então, para instalar o Java 7 (JRE):

sudo apt-get install openjdk-7-jre

E para instalar o JDK 7:

sudo apt-get install openjdk-7-jdk

E para instalar o JDK 7, com javadocs e fontes:

sudo apt-get install openjdk-7-jdk openjdk-7-docs openjdk-7-sources

Instalando o Java da Oracle

Existem basicamente 2 formas de instalar o Java da Oracle no Debian e seus derivados:

  • baixando do site e instalando manualmenfe (difícil – tente se quiser, mas não vou abordar isso aqui)
  • usando o PPA Webupd8 (facinho facinho)

O PPA Webup8 é um repositório que contém pacotes para serem instalados no Ubuntu (Debian e seus derivados também) que fazem o download do Java da Oracle e instalam ele pra você. O site deles é [https://launchpad.net/~webupd8team/+archive/java]. As instruções estão lá, mas para facilitar, irei colocar aqui as instruções para o Ubuntu.

Basta dar os seguitens comandos e seguir as instruções na tela (dar alguns enters rsrsrsr):

sudo add-apt-repository ppa:webupd8team/java
sudo apt-get install oracle-java7-installer

Múltiplos Javas

No linux é possível manter mais de uma instalação do Java, de diferentes versões e implementações. Por exemplo, você pode definir que o compilador javac será do OpenJDK 6, que o executor java será do OpenJDK 7 e que o executor JWS javaws será o Oracle Java 7. Para selecionar, basta dar o seguinte comando:

sudo update-alternatives --all

Vai aparecer várias coisas, mas o importante é:

  • sempre que aparecer algo que não esteja vinculado com o Java, de um enter que não será alterado.
  • sempre que aparecer algo vinculado ao Java, selecione um opção (número) e dê enter.

Para sair a qualquer momento, dê ctrl + c. Isso irá para o processo de seleção, mas não descartará as alterações, ou seja, o que foi alterado está salvo. Para desfazer, rode o comando novamente e altere a sua escolha.

Qualquer coisa é só perguntar!

Ao infinito e além!