ENV-001L – Variáveis de ambiente em Linux

Publicado: 16/01/2014 por Guilherme Weizenmann em Básico, java
Tags:, , ,

Olá pessoal.

Eu sou novo por aqui, e este será meu primeiro post. Como o nome do blog sugere, este deveria ser um blog sobre Java. Então você deve estar se perguntando: por que diabos a criatura vai começar falando de ariáveis de ambiente em Linux? Resposta: eu uso linux, acho maravilhoso e não troco por Ruindows da Micro$oft, e, esse é um assunto recorrente quando se trata de configuração de ambiente e ferramentas Java (ou qualquer outra linguagem).

No linux existem o que podemos chamar de 3 escopos básicos para definição de variáveis de ambiente: terminal, usuário e sistema ou global. Para ficar mais claro: se você só vai usar na tela preta dos comandos, poderá definir as variáveis a nível de terminal. Se for só você que vai usar as variáveis, ou só vocé usa o computador (é o meu caso), pode definir a nível de usuário. Se precisar de uma variável disponível para vários usuários ou processos que rodam em segundo plano como daemons iniciados automaticamente com o sistema operacional, você precisará usar o escopo global.

Bem, vamos ao trabalho…

Fazendo a variável funcionar no terminal

No linux se usa shell script, e é isso que vamos usar como base para as definições. Para definir uma variável, basta digitar no terminal o seguinte (e apertar ):

NOME_DA_VARIVEL="valor dela"

Para conferir se funcionou, digite (note o $ na frente):

echo $NOME_DA_VARIAVEL

e o resultado que deverá aparecer é

valor dela

Para que a variável fique visível a nível de terminal, o comando deve ser precedido de export:

export NOME_DA_VARIVEL="valor dela"

Definindo a variável na abertura do terminal

Sempre que se abre um terminal, que rode o interpretador bash (caso do Debian e seus derivados, como Ubuntu), o seguinte arquivo é lido:

  • .bashrc

Note o ponto na frente do nome. Isso significa que o arquivo é oculto. Então basta incluir uma linha no arquivo com a definição da variável e voilá, funcionará!

Definindo a variável a nível de sessão

Basta fazer o mesmo que acima, mas no arquivo a seguir:

  • .profile

Definindo a variável a nível de sistema

Agora muda tudo! Brincadeirinha :D….

Basta fazer o mesmo, mas como administrador, no seguinte arquivo:

  • /etc/environment

Para editar como administrador, abra o terminal e digite:

sudo nano /etc/environment

Para salvar, aperte CTRL + O, e para sair, CTRL + X.

Observação

Se você for que nem eu, deve ter tentado fazer sem terminar e ler tudo. Para a mágica funcionar você deve reiniciar escopo:

  • o terminal: fechar e abrir de novo, ou abrir outro
  • a sessão: logou e login
  • o sistema operacional: reboot

Outra coisa, defina em somente um escopo, para poder saber exatamente onde você colocou e poder atualizar ou corrigir, se necessário…..

Até mais e obrigado pelos peixes!

Anúncios
comentários
  1. Roberto disse:

    Valew, eu estava precisando configurar o java em nível de sessão.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s